Arquivo da tag: mundo

Tempus Fugit

Eu observo o mundo
Que se movimenta:
Rápido, súbito.
Nem se importa
Não me espera.

O tempo foge de mim,
corre, se esconde.
O tempo escorre
das mãos como areia.
em uma ampulheta.

Essa terra, essas pessoas,
tudo estará aqui depois que eu me for: o tempo não cessará.
Teus filhos ainda nascerão
E a vida prosseguirá,
Alheia à mim, alheia à ti
Pois o tempo jamais para.


Estradas

As estradas são mundos de movimento
São arvores que correm, placas que passam
São acidentes fatais no cruzamento da vida.
Estradas são transições,
onde tudo muda rápido, num piscar de olhos
Micro-relações são feitas e desfeitas em um carro fechado
Uma existência inteira em poucos segundos.
Um amor nasce em um sorriso, se esvai em um rosto virado
Entre desconhecidos no mesmo ônibus intermunicipal.
Estradas são descolocamentos, são passageiras, mesmo que eternas.
Nelas mesmo o mais insensivel dos seres sente o tempo passar,
Sente o peso do arrastar do tempo.
Estradas são mundos entre mundos.